Gases para processo de corte

Os gases para corte e solda da Air Products podem beneficiar muitas indústrias. Eles podem melhorar a qualidade, otimizar o desempenho e reduzir custos. Nosso Departamento de Aplicações com experiência mundial possui "know how" para proporcionar a você um fornecimento de gases para corte e solda e soluções tecnológicas para atender às suas exclusivas necessidades. A tabela a seguir possui informações mais detalhadas sobre nossa linha de gases para corte e solda.

Informações para contato

Nome do produtoDescrição/benefíciosDownloads

Ar

O corte a ar foi introduzido no início dos anos 1960 para melhorar a qualidade de corte de aço carbono.

O corte a ar foi introduzido no início dos anos 1960 para melhorar a qualidade de corte de aço carbono.

Argônio

O argônio pode ser utilizado para corte a laser. O material é fundido pelo feixe de laser e expulso por um fluxo de gás não reativo, na maioria dos casos nitrogênio, mas às vezes é usado argônio.

O argônio pode ser utilizado para corte a laser. O material é fundido pelo feixe de laser e expulso por um fluxo de gás não reativo, na maioria dos casos nitrogênio, mas às vezes é usado argônio.

Nitrogênio

O corte por fusão a laser foi introduzido na produção nos últimos anos. O material é fundido pelo feixe de laser e expulso por um fluxo de gás não reativo, na maioria dos casos nitrogênio, embora às vezes seja usado argônio.

O corte a plasma com nitrogênio puro é um processo estritamente “térmico” geralmente usado em materiais não ferrosos. Em aço carbono é prevalente o uso de nitrogênio como o gás de plasma mais impuro e é comum a nitretação ou a têmpera da extremidade do corte.

O corte por fusão a laser foi introduzido na produção nos últimos anos. O material é fundido pelo feixe de laser e expulso por um fluxo de gás não reativo, na maioria dos casos nitrogênio, embora às vezes seja usado argônio.

O corte a plasma com nitrogênio puro é um processo estritamente “térmico” geralmente usado em materiais não ferrosos. Em aço carbono é prevalente o uso de nitrogênio como o gás de plasma mais impuro e é comum a nitretação ou a têmpera da extremidade do corte.

Oxigênio

Na chama de pré-aquecimento, um gás combustível é queimado com o oxigênio gerando calor. A chama consiste em uma zona de combustão externa e uma interna. A principal finalidade da chama pré-aquecimento na maioria dos processos é atingir um aquecimento local rápido. Isso impõe requisitos quanto às propriedades de combustão do gás que é utilizado. No corte, não é a chama de pré-aquecimento por si só que realiza a operação de corte, mas um jato de oxigênio. Esse jato de oxigênio oxida o metal com a evolução do aquecimento e expele os produtos da combustão (a escória) da parte cortada. A finalidade da chama de pré-aquecimento é aquecer o metal até a temperatura de ignição, manter o processo de corte e dar suporte ao jato de oxigênio para corte.

Na chama de pré-aquecimento, um gás combustível é queimado com o oxigênio gerando calor. A chama consiste em uma zona de combustão externa e uma interna. A principal finalidade da chama pré-aquecimento na maioria dos processos é atingir um aquecimento local rápido. Isso impõe requisitos quanto às propriedades de combustão do gás que é utilizado. No corte, não é a chama de pré-aquecimento por si só que realiza a operação de corte, mas um jato de oxigênio. Esse jato de oxigênio oxida o metal com a evolução do aquecimento e expele os produtos da combustão (a escória) da parte cortada. A finalidade da chama de pré-aquecimento é aquecer o metal até a temperatura de ignição, manter o processo de corte e dar suporte ao jato de oxigênio para corte.

X

This site uses cookies to store information on your computer. Some are essential to make our site work; others help us to better understand our users. By using the site, you consent to the placement of these cookies. Read our Legal Notice to learn more.

Close